Guia MICHELIN recomenda sete restaurantes contemporâneos na Coreia do Sul

Estabelecimentos criativos em Seoul estão representando a gastronomia moderna
Compartilhar

A tradicional comida coreana, também chamada de hansik, é muito mais do que bibimbap (prato que mistura arroz, carne e vegetais) e churrasco. Com uma nova geração de chefs, a atual gastronomia tem reunido a história da culinária, desde o uso de produção indígena a técnicas de fermentação, e da famosa comida de rua à cozinha da realeza, resultando em pratos frescos e artisticamente construídos, com sabores únicos.

Confira abaixo os estabelecimentos que estão no guia MICHELIN Seul 2018 e confira o que nossos inspetores têm a dizer sobre eles.


Jungsik

Duas estrelas Michelin

“Anunciado como um pioneiro dos jantares coreanos modernos, o chef Yim Jung-sik possui restaurantes em Seul e Nova York e é conhecido por apresentar a culinária coreana ao mundo, com um toque inovador, inteiramente dele. O que Yim faz de melhor é inspirar-se no conceito familiar – kimbap, bibimbap, gujeolpan e bossam – criando pratos inesperados, chamativos e autênticos. Sobremesas caprichosas, uma boa carta de vinhos e um serviço atencioso da equipe. O Jungsik tem tudo.”

Joo Ok

Uma estrela Michelin

“Localizado no beco da luxuosa Cheongdamdong, Joo Ok é um bistrô de estilo coreano do chef Shin Chang-ho, que construiu sua carreira no Nobu Miami. Seu olhar criativo sobre os ingredientes, juntamente com sua requintada apresentação, tornam a experiência deliciosa. A refeição começa com uma amostra de diferentes vinagres caseiros para estimular o apetite. O carpaccio de peixe com verduras e costeletas assadas com arroz de caldo de carne é saboroso e criativo.”

Mingles

Uma estrela Michelin

“Desde 2014, o sofisticado restaurante contemporâneo do chef Kang Mingoo conquistou a imaginação dos paladares mais exigentes, com criações arrojadas e inovadoras, mas ainda assim enraizadas na cozinha tradicional coreana. Condimentos fermentados e ingredientes básicos da culinária clássica, como gochujang, doenjang e vinagre, constituem a base de muitas de suas criações, até mesmo das sobremesas. A junção dos sabores mais autênticos com ingredientes não convencionais é o que Kang faz de melhor, como conserva de limão em sopa de molho de soja e crème brûlée doenjang.”

Mish Mash

Bib Gourmand

“Assim como o seu nome, Mish Mash serve uma mistura colorida de pratos que refletem a experiência multicultural e a experiência internacional da equipe. Os pratos são um mix extravagante de sabores locais e estrangeiros, incluindo os pimentões shishito em conserva fritos, acompanhados de maionese caseira, e o assado de porco ao estilo dinamarquês, servido com marmelada kimchi agridoce. O espaço é acolhedor e a comida é original e cheia de surpresas.”

Olh Eum

Placa Michelin

“Cozinhar alimentos de verdade, que respeitem a integridade dos ingredientes, é o lema do chef Seo Ho Young, que prepara tudo com os produtos fresquíssimos, provenientes de seus pais agricultores. Transportar sabores familiares para novos territórios é o seu negócio. Exemplo disso é seu capellini de camarão e ouriço-do-mar em um molho suave à la bisque, feito com cabeças de camarão de água doce, molho de peixe fermentado e doenjang, ou seu carpaccio defumado, servido com cogumelo e molho de soja consommé.”

Seoul Dining

Placa Michelin

“Como o nome sugere, o Seoul Dining, do chef Kim Jin-era, oferece comida inspirada nos sabores da culinária de Seul. Kim diz que queria expressar a cidade em constante mudança e sua vibrante cena gastronômica em um prato, utilizando os ingredientes mais icônicos e típicos como ferramentas. Cada item no cardápio é sua própria interpretação pessoal de algo que ele comeu na cidade, como a carne de porco ibérica grelhada à brasa, servida com pesto de anchova, que lembra fortemente o churrasco de porco de estilo coreano servido com anchovas salgadas e fermentadas.”

Twenty-Four Seasons

Placa Michelin

“Twenty-Four Seasons é um restaurante coreano localizado em Shinsa-dong, com diversas filiais em Seul. O nome do restaurante refere-se aos 24 termos solares do calendário lunissolar tradicional do leste asiático, utilizado pelas sociedades agrárias a fim de sincronizar suas atividades às estações do ano. Como o nome indica, o restaurante destaca a sazonalidade da autêntica cozinha coreana, mas acrescenta um toque contemporâneo quando se trata de apresentação. Pura decoração moderna com quartos privados.”

Imagem de banner: Mingles


Compartilhar em:
Assine a newsletter do Guia Michelin
Fique por dentro dos melhores restaurantes, lifestyle, eventos recomendados na sua cidade