Feedback
Fique por dentro 2 minutes 27 Agosto 2020

Qual tipo de ovo é o melhor?

Ovos de galinhas livres ou caipiras? De galinhas criadas em pastos ou orgânicos? Vermelho ou branco? Aí vai tudo o que você precisa saber

egg

No supermercado, você já deve ter olhado todas as embalagens de ovos, tentando decidir qual a melhor opção. Você já se perguntou sobre as diferenças entre os ovos? De galinhas criadas livres, em pastos, ovos orgânicos, vermelhos, brancos... Se você já teve essas dúvidas, saiba que não está só.

Ter as prioridades em mente é essencial para fazer a melhor escolha. Embora os nutrientes presentes em cada tipo de ovo sejam similares, há outros fatores a serem considerados, como o bem-estar dos animais, o tipo de alimentação que as galinhas recebem e o custo.

Aí vai o que você precisa saber.

Ovos de galinhas livres

Nos Estados Unidos e em vários outros países, a maioria das galinhas é criada em gaiolas pequenas, um ambiente bem estressante para elas. No sistema livre, os animais têm espaço para se movimentar e para esticar as asas, além de possuir ninhos para botar os ovos. Em alguns casos, elas também podem ciscar. Mas isso não significa que as aves tenham acesso ao ar livre - elas podem ser criadas dentro de um celeiro, por exemplo.


Galinhas caipiras

Nos Estados Unidos, há algumas definições que se encaixam no termo “galinha caipira”. Geralmente, isso significa que são galinhas que têm acesso a ambientes a céu aberto, com luz do Sol, embora possa ser só por alguns minutos ao dia. A Humane Farm Animal Care é uma das organizações norte-americanas que fiscalizam o bem-estar animal no país. Segundo a empresa, as fazendas ganham um certificado se houver, no mínimo, um espaço de 2m² para cada galinha e se os animais ficarem em ambientes abertos por pelo menos seis horas diárias.


Ovos de galinhas criadas em pastos

Essa é uma categoria mais específica do que as duas anteriores. Para que um criador receba o certificado que ateste galinhas criadas em pastos, há mais exigências. Os animais precisam ser criados soltos, com acesso a ambiente externo, para que possam ciscar, fazer ninhos e andar livremente. É proibido haver mais de mil galinhas a cada 2,5 acres de terreno (o que corresponde a 108m² por ave). Além disso, os animais precisam ficar ao ar livre em todas as épocas do ano, mas é necessário algum abrigo para defendê-los de predadores noturnos e do mau tempo.

Muitas pessoas notam que os ovos de galinhas criadas em pastos são mais saborosos, e que a cor da gema é de um amarelo mais vivo. Isso ocorre porque esses animais podem se alimentar de plantas e de insetos, além da ração. Essa alimentação natural resulta em ovos com mais nutrientes, especialmente o Ômega-3.


Ovos orgânicos

Para que uma fazenda receba o certificado de ovos orgânicos, as galinhas precisam viver no mesmo molde da criação em pastos. Mas há exigências adicionais: o pasto não pode ter pesticidas, herbicidas ou fertilizantes, e os animais precisam ter uma dieta orgânica (ou seja, sem nenhuma dessas substâncias em seus alimentos). As aves também não podem tomar antibióticos e nem receber comida industrializada.


A classificação dos ovos

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos é responsável por classificar os tipos de ovos no país. Baseado em fatores de qualidade, como espessura e frescor das claras e a aparência das cascas, o departamento classifica os ovos nas categorias AA, A ou B.

Os ovos que possuem claras mais espessas - ideais para ovos fritos, por exemplo - estão nas categorias AA e A. Os ovos B, com claras mais finas, são indicados para fazer omeletes e outras receitas que levam ovos batidos.


Qual a diferença entre ovos brancos e vermelhos?

Costumamos pensar que os ovos vermelhos ou marrons são mais saudáveis do que os brancos, pela cor mais viva de sua gema. Mas, ao considerar nutrientes e qualidade, ambos são basicamente iguais. Então, qual a diferença? Galinhas de penas brancas tendem a botar ovos brancos, enquanto as aves de penas avermelhadas botam ovos marrons. Simples assim...

Você já deve ter percebido, porém, que há uma diferença no valor: os ovos marrons costumam ser mais caros. Mas isso ocorre porque as galinhas avermelhadas são maiores e consomem mais alimentos.


Que tipo de ovo eu devo comprar?

Como dá para notar, a “melhor” opção pode variar de pessoa para pessoa. Os ovos orgânicos ou de galinhas criadas em pastos podem atender a todas prioridades do cliente em relação ao bem-estar animal, mas seu custo dificulta o consumo diário.

Não tenha medo de experimentar marcas diferentes e procure conhecer os criadores de galinhas que atendem a sua região. Há muitas opções, mas as informações sobre os ovos certamente são essenciais para que você faça uma escolha que atenda as suas prioridades.


Escrito por Jessica Cording

Jessica Cording é nutricionista, instrutora de saúde e escritora. Ela ajuda pessoas a simplificarem a rotina e bem-estar e a estabelecerem uma relação equilibrada com comida e exercício físico.

Fique por dentro

Siga o Guia MICHELIN nas redes sociais para atualizações e curiosidades.