Os melhores restaurantes de aeroportos da Europa

Você viaja com frequência? Os principais chefs estão abrindo restaurantes em aeroportos pelo mundo afora. Confira a nossa lista dos melhores da Europa.
Compartilhar

O escritor britânico Alain de Botton passou uma semana no Aeroporto Internacional de Heathrow, na Inglaterra, aproximando-se dos funcionários do aeroporto e dos viajantes para escrever o seu livro “Uma semana no aeroporto: um diário de Heathrow”. No passado, os aeroportos eram apenas lugares de passagem, para o início ou fim de uma viagem. Mas, como o escritor descreve em seu livro, aeroportos podem ser espaços maravilhosamente complexos, cheios de histórias diferentes, parte integrante de nossas jornadas.

Com essa linha de pensamento, também podemos mergulhar e desfrutar de nossas viagens em aeroportos, nos restaurantes dos melhores chefs da Europa:


Top air
Alemanha, Aeroporto de Stuttgart, Terminal 1

Liderada pelo chef alemão Marco Akuzun, a experiência gastronômica requintada e os ingredientes de luxo muitas vezes fazem com que os visitantes se esqueçam de que estão em um aeroporto movimentado. Lá, você terá uma ótima refeição com uma vista interessante, não é de admirar que muitos viajantes façam um pit stop antes de entrar no avião.


Love Paris no Aeroporto de Charles de Gaulle, em Paris, França. Foto: www.parisaeroport.fr
Love Paris no Aeroporto de Charles de Gaulle, em Paris, França. Foto: www.parisaeroport.fr

Love Paris
França, Aeroporto Charles de Gaulle, Terminal 2E

Embora a França tenha uma longa e rica história culinária, até pouco tempo não era dada tanta atenção à cozinha ofertada no aeroporto. Mas, quando o chef Guy Martin, do restaurante Le Grand Véfour, com duas estrelas Michelin, abriu o restaurante I Love Paris, no Terminal 2E, em 2015, tudo mudou. O cardápio é principalmente francês e inclui pratos clássicos, como pot au feu e blanquette de veau (vitela branca). A decoração de seu interior é linda, inspirada no Palais Royal, o palácio real francês, e também oferece um bar de champanhe. Salut!


Restaurante Le Chef no aeroporto de Genebra, na Suíça. Foto: Le Chef
Restaurante Le Chef no aeroporto de Genebra, na Suíça. Foto: Le Chef

Le Chef
Suíça, Aeroporto Internacional de Genebra, Terminal 1

Atualmente, o Le Chef (anteriormente Altitude) é dirigido por Benjamin Luzuy. Nascido em Locarno, o chef tornou-se um nome familiar depois de estrelar no programa de televisão suíço Descente En Cuisine. Seu restaurante oferece um cardápio sazonal que apresenta ingredientes locais preparados por meio de quatro estilos principais: cru ou em conserva, cozido no vapor, aceso para realçar a riqueza do prato, ou cozido lentamente para obter a textura perfeita.

Dani García Delibar
Espanha, Aeroporto de Málaga, Terminal 3

Nascido no sul da Espanha, o chef Dani Garcia, que tem um restaurante de mesmo nome em Málaga, com duas estrelas Michelin, também dirige o Dani García Delibar, no aeroporto da cidade. O cardápio à la carte inclui pratos exclusivos, como um hambúrguer feito com rabada e Cherry Gazpacho. Além disso, há alguns pratos novos, como o Txangurro, um prato de caranguejo recheado de estilo basco, e canelones de vitela com cogumelos.


Porta Gaig, Aeroporto de Barcelona, Espanha. Foto: Turespaña
Porta Gaig, Aeroporto de Barcelona, Espanha. Foto: Turespaña

Porta Gaig
Espanha, Aeroporto de El Prat, Terminal 1

Porta Gaig é dirigida por Carles Gaig, o chef por trás do restaurante Gaig, com estrela Michelin. O menu da casa apresenta principalmente culinária catalã, incluindo pratos clássicos espanhóis, como porco ibérico e bacalhau frito. O restaurante também oferece um serviço para viagem que permite que viajantes apressados embarquem no avião acompanhados de boa comida.

Gastrohub de Paco Roncero
Espanha, Aeroporto de Madrid-Barajas, Terminal 4

O chef Paco Roncero, do restaurante La Terraza del Casino, com duas estrelas Michelin, abriu um moderno restaurante no aeroporto de Madri, há dois anos. O cardápio do restaurante é elaborado por Paco e apresenta tapas feitas com um toque moderno, especialmente batatas bravas. O luminoso e espaçoso restaurante pode acomodar mais de 100 pessoas e é o refúgio perfeito após uma longa viagem.



Este artigo foi escrito por Tang Jie. Clique aqui para ler a versão original desta história.

Compartilhar em:
Assine a newsletter do Guia Michelin
Fique por dentro dos melhores restaurantes, lifestyle, eventos recomendados na sua cidade